Sobre

Falando um pouco sobre a autora do blog, meu nome é Paula Elizabeth Barrantes, sou graduada em Administração de Empresas , especialista em Engenharia de Qualidade Industrial e mestre em História da Arte pela Unicamp. Apesar das diferentes formações considero que todas me ajudam na tarefa de estudar a arte e seus aspectos. Hoje, 2014, faço doutorado em História da Arte, ainda na Unicamp. Quando tem-se dois opostos tão grandes a serem pensados tal como linhas de produção, onde tudo é rotina, precisão, conformidade, e a arte, com sua flexibilidade, capacidade criativa, e porque não dizer filosofia, a dialética destes temas torna-se algo interessante. Talvez o âmago da questão seja que para “tentar” entender o ser humano de nosso tempo um pouco de cada aspecto deva ser pensado. Onde começa a criatividade, o que é arte e o que é apenas tecnologia, o passado artístico deve ser esquecido? Não é mais possível pensar apenas em separar desenvolvimento tecnológico de computadores com a capacidade criativa do homem. Em quase todas as áreas da arte a tecnologia insurgiu-se, a impressão de um livro, a produção de uma música e sua partitura, uma composição, uma fotografia, ou mesmo na mais elaborada cenografia. Este blog é dedicado a discussão e crítica de todas as formas de arte e suas inter-relações, com o meio e entre elas, e porque não dizer, dos aspectos de qualidade que possam existir em cada uma delas. Vivenciemos  a capacidade do ser humano de expressar, através da arte seu individualismo, seu meio, sua crítica, sua espiritualidade e sua humanidade.

É este, justamente, o motivo da história da arte existir, entender os fatores culturais, artísticos, históricos e sociais que levam o ser humano, ao longo dos séculos, a expressar sua vivência pessoal e coletiva.

Os comentários estão encerrados.